Não existe um período exato para tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Tudo depende do candidato e da autoescola. O que se sabe é que tem uma carga horária mínima exigida para cada aula: 45 horas/ aulas para o curso técnico- teórico (Legislação de Trânsito; Direção Defensiva; Noções de Primeiros Socorros; Noções de Proteção e Respeito ao Meio Ambiente e Convívio Social no Trânsito; Noções sobre mecânica) e 20 horas/aula de Prática de Direção Veicular para cada categoria, ou seja, se for fazer a habilitação para carro e moto, categorias A e B, a carga horária aumenta para 40 horas/aula.

Também se deve levar em conta o tempo que leva para marcar os exames e os testes. Muitas autoescolas não conseguem suprir a demanda de candidatos e isso faz com que muitos alunos fiquem na lista de espera para fazer os testes– a dica é, antes de pagar, perguntar se o processo vai ser rápido. Além disso, em caso de reprovação o candidato tem que esperar certo período para fazer o reteste. O exame psicotécnico, por exemplo, pode ser refeito dois dias após a remarcação. Já os exames teórico e prático, só podem ser repetidos no prazo de 15 dias. Vale lembrar que não há número limite de repetições, desde que feito dentro do prazo de validade, de 12 meses, para obtenção da CNH.

Se os exames foram marcados rapidamente, o candidato não reprovar em nenhum dos testes e fizer as aulas práticas e teóricas todos os dias (uteis), a Habilitação estará concluída em quatro meses. Contudo, estimasse que com a obrigatoriedade do uso do simulador, o tempo médio para a conclusão da habilitação aumente de quatro para cinco meses.