Os motoristas que atingem os 20 pontos da carteira ao acumularem infrações de trânsito no período de 12 meses têm a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa - medida prevista no Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Para recuperá-la, eles precisam passar pelo curso de reciclagem, que tem o objetivo de reeducar o condutor infrator. No entanto, a maioria desses motoristas não tem tempo de frequentar as aulas do curso presencial.

Mas você sabia que tem como fazer o curso de reciclagem em casa pela internet? Fazer o curso de reciclagem a distância é muito prático e oferece diversas vantagens. Nesta modalidade, o condutor não precisa frequentar aulas durante fins de semana ou depois do trabalho, pois todo o conteúdo pode ser acessado em qualquer lugar e a qualquer horário. Além disso, não é necessário montar turmas e, em alguns casos, o curso pode ser concluído em três dias.

Como fazer o curso de reciclagem online?

O motorista que já entregou a CNH junto ao DETRAN para cumprir o período  de suspensão - e deseja fazer a reciclagem na modalidade à distância-, precisa acessar o site de alguma autoescola ou entidade de ensino autorizada pelo Departamento Nacional de Trânsito a ministrar cursos e realizar a inscrição. Depois disso é só começar a assistir as aulas. São 30 horas de aula de curso, sendo 8 horas de Direção defensiva; 4 horas de Noções de primeiros socorros; 12 horas de Legislação de trânsito; e 6 horas de Relacionamento interpessoal.

Quando o curso estiver completo, o próprio sistema vai informar a conclusão as centrais do DETRAN, e o condutor vai poder agendar a prova eletrônica. Aí é só acertar 70% da prova composta por 30 questões e aguardar o período de suspensão encerrar para reaver a habilitação.

Quais estados fazem o curso de reciclagem à distância?

Além do Rio de Janeiro (RJ), cursos de reciclagem online são oferecidos para motoristas do Acre (AC); Alagoas (AL); Amapá (AP); Amazonas (AM); Bahia (BA); Ceará (CE); Distrito Federal (DF) Espírito Santo (ES); Goiás (GO); Maranhão (MA); Mato Grosso (MT); Mato Grosso do Sul (MS); Minas Gerais (MG); Pará (PA);  Paraíba (PB); Paraná (PR); Pernambuco (PE); Rio Grande do Norte (RN); Rio Grande do Sul (RS); Rondônia (RO); Roraima (RR); Santa Catarina (SC); São Paulo (SP); Sergipe (SE); Tocantins (TO).